Pesquisar neste blogue

no local

--------------------------------* OS DESENHOS DESTE BLOGUE RESULTAM DA OBSERVAÇÃO DIRETA E FORAM FEITOS NO LOCAL *

«Não se deve querer fazer uma vez mais aquilo que a Natureza já fez perfeito. Não se deve querer parecer verdadeiro pela imitação das coisas.»
George Braque in «Cahiers de G. Braque»

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Teatro das sombras que me ligam à vida

Um copo vazio de água que já bebi;
Os óculos que me permitem ver o que risco e rabisco e os detalhes que sem ekez são apenas sombras;
Os lápis e canetas que me permitem preencher vazios neste isolamento social
e o carregador do telemóvel, a energia que me preenche quando me ligo aos afectos virtuais.
As sombras do teatro desta vida num palco de quatro paredes.

1 comentário:

Bu disse...

Um copo que podes encher novamente e repetidamente
Gostei 😊