Pesquisar neste blogue

no local

--------------------------------* OS DESENHOS DESTE BLOGUE RESULTAM DA OBSERVAÇÃO DIRETA E FORAM FEITOS NO LOCAL *

«Não se deve querer fazer uma vez mais aquilo que a Natureza já fez perfeito. Não se deve querer parecer verdadeiro pela imitação das coisas.»
George Braque in «Cahiers de G. Braque»

quinta-feira, 30 de abril de 2020

30 de abril: Levar à abstração


Decidi repetir um exercício que já tinha feito antes mas desta vez aumentar a escala. O exercício consiste em desenhar automaticamente tudo aquilo que nós vem à cabeça sem excitação. O desenho acaba por ficar uma grande confusão, mas é engraçado tentar percebê-lo e explorar os materiais.

2 comentários:

Alexandra Baptista disse...

Um belo exercício.

Bu disse...

Eu gosto muito desse tipo exercício. O resultado pode levar a imprevistos e associo a um genero de exorcismo mesmo quando não se trata de demónios e vícios. Para além disso gosto muito da tua composição.