Pesquisar neste blogue

no local

--------------------------------* OS DESENHOS DESTE BLOGUE RESULTAM DA OBSERVAÇÃO DIRETA E FORAM FEITOS NO LOCAL *

«Não se deve querer fazer uma vez mais aquilo que a Natureza já fez perfeito. Não se deve querer parecer verdadeiro pela imitação das coisas.»
George Braque in «Cahiers de G. Braque»

domingo, 9 de maio de 2021

Centro Cultural da Caloura



 Num cantinho especial da Caloura onde se respira cultura o desenho é uma excelente terapia- centro cultural da Caloura

sexta-feira, 7 de maio de 2021

Noite Europeia dos Museus | 66º Encontro USkP Açores


A 15 de Maio, o museu Carlos Machado celebra a Noite dos Museus em conjunto com os Urban Sketchers Açores, com uma visita-guiada ao circuito de história natural, feita pelo seu coordenador - João Paulo Constância - e com um momento dedicado ao grupo informal e ao seu ofício - o desenho. Tendo início às 21h, a Noite dos Museus de 2021 em Ponta Delgada ficará marcada pelos registos, à luz da lanterna, dos Urban Sketchers Açores.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS
-Limite máximo de
14 participantes;
-Museu Carlos Machado - Núcleo de Santo André às 21h;
- Confirmação de presença para urbansketchersazores@gmail.com;
- Material de desenho, caderno e lanterna (o Museu disponibiliza até 10 lanternas de cabeça).

 

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Oficinas Singulares #11 | Manuela Rosa


À semelhança do desenhar com… esta sessão consiste numa conversa informal - em Livestream - sobre a prática do desenho.

Nesta 10ª sessão convidamos a Manuela Rosa para nos falar da sua abordagem e a desafiar-nos a desenhar - no/ num local - de acordo com o seu modo de ver. A conversa será apresentada em direto no facebook e partilhada no instagram e no nosso canal de Youtube.

Ao finalizar a conversa a nossa convidada lança-nos um desafio que gostaríamos de ver resolvido por todos aqueles que gostam de desenhar em caderno e que se sintam estimulados pelo desenho no local.

Usaremos esta estratégia para que, mensalmente, possamos aproximar praticantes de desenho do País e além fronteiras e para partilhar o que se faz em caderno.

http://oquecabenomeuolhar.blogspot.com/
https://www.instagram.com/manuela.r.desenho/

domingo, 2 de maio de 2021

Praia das Milícias

Enquanto os miúdos chafurdavam à beira mar atirei-me à paisagem, mas antes de terminar faltou-me a tinta da caneta e concluí o desenho com o lápis de grafite que tinha no bolso. 

sexta-feira, 30 de abril de 2021

28 e 29 de abril de 2021

 



28 e 29 de abril de 2021, Sara Silva
Acrílico sobre tecido de tela

Em casa depois do trabalho, ao fim do dia. 
O desenho está em tudo. Implicará sobretudo movimento?
O caderno são páginas, suportes para um registo.

sábado, 24 de abril de 2021

terça-feira, 20 de abril de 2021

Sr. Honório e o gato branco, 19 de abril de 2021


Sr. Honório e o gato branco, 19 de abril de 2021

Acrílico sobre tecido de tela


No meu dia de folga, depois de limpar, lavar a roupa e ir às compras, estive na companhia do Sr. Honório e do gato branco que afugenta os pássaros do quintal, entre outros, durante uma tarde de sol com uma ligeira brisa. 

 

sábado, 17 de abril de 2021

Desconfinamento




Aqui no Reino Unido começamos a desconfinar em Março com a abertura das escolas. Esta semana as lojas não essenciais e esplanadas voltaram a abrir. Para escapar as aglomerações de pessoas tenho ido para parques e, esta semana, fiz estes dois desenhos. 
 

segunda-feira, 5 de abril de 2021

A saga das marés

Continuo à procura de uma representação perfeita da água e os cadernos que tenho, parecem-me demasiado pequenos para poder representar a imensidão de um mar salgado.

Não tenho andado bem.
Não estou tranquila.
Ando ansiosa com este inferno desta pandemia que parece estar a querer matar uns com falta de ar e outros com falta de esperança.

Tenho todos os que me querem bem a incentivar e a minha cabeça por vezes não ajuda. 

Quando estou muito ansiosa, fico irritada. depois, quando finalmente se carrega num determinado interruptor, sinto um certo alívio porque, finalmente, as lágrimas com o seu sal, começam a correr pela cara abaixo.

A este post, gostava ainda de acrescentar dois links para músicas que curam um bocadinho enquanto escrevo estas palavras:

LENÇO ENXUTO (Samuel Úria com Manel Cruz)

FAZER UM GAUDI (Capicua)



domingo de páscoa 2021, Montanha e mar, lápis aguarela



segunda-feira, Forno da Cal, São Roque, caneta aparo

 

sábado, 3 de abril de 2021

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Azulejaria em papel

 Recebi num dos meus aniversários uma caneta de tinta permanente da KAWECO. Nem conhecia esta marca mas, a minha sogra, como sabe que eu gosto de receber presentes que me permitam criar, vai sempre oferecendo materiais e disse-me que tinha conhecimento que eram boas canetas. Ainda tenho que descobrir como arranjar mais cartuchos desta tinta porque o que descobri com elas, além de serem realmente muito confortáveis para desenhar, a tinta não é à prova de água e tem um tom de azul que iguala a azulejaria portuguesa e deixou-me com vontade de explorar os diferentes tons de azul criados com aguadas.

Um dos meus grandes desafios sãos as formas que a água toma, transparências, espuma, nuvens, fumos, densidades, superfície...etc. Não sei se será assim que nos podemos referir a este assunto mas, são os nomes que a minha cabeça lhes atribui.

O mar, que nos rodeia nestas ilhas onde vivo, tem tudo menos o cheiro do iodo. E se, uns dias está azul indigo, outros está turquesa e por vezes até cinzento. Nesta diferença de cores encontro diferença nos seus estados: calmo, revolto, encarneirado e sempre, sempre, anseio por saber representá-lo. Fico em estado meditativo e procuro encontrar na minha memória o cheiro do mar da praia continental que me viu crescer, Santa Cruz.

Estes desenhos foram feitos em dois dias diferentes, na costa norte da ilha de são miguel: Ribeira Grande e praia de Santa Bárbara.

Boa Páscoa! Confinem-se sem desgosto e agarrem-se a esses cadernos.

Vanessa

 


Praia de Santa Bárbara, num dia de sol antes da tempestade


Mar revolto, junto às Piscinas da Ribeira Grande


2 estudos para representar as "carreirinhas" em mará baixa na praia de Santa Bárbara.


Estudo escolhido, consegui perceber a intensidade de cor debaixo da espuma e que provoca o contraste do branco da espuma das ondas. Trabalho de claro/escuro com caneta aguarelada.

terça-feira, 30 de março de 2021

Oficinas Singulares #10 | Teresa Ruivo

 À semelhança do desenhar com… esta sessão consiste numa conversa informal - em Livestream - sobre a prática do desenho.

Nesta 10ª sessão convidamos a Teresa Ruivo para nos falar da sua abordagem e a desafiar-nos a desenhar - no/ num local - de acordo com o seu modo de ver. A conversa será apresentada em direto no facebook e partilhada no instagram e no nosso canal de Youtube.

Ao finalizar a conversa a nossa convidada lança-nos um desafio que gostaríamos de ver resolvido por todos aqueles que gostam de desenhar em caderno e que se sintam estimulados pelo desenho no local.

Usaremos esta estratégia para que, mensalmente, possamos aproximar praticantes de desenho do País e além fronteiras e para partilhar o que se faz em caderno.


segunda-feira, 29 de março de 2021

Memórias de um domingo de primavera

Fins de semana querem-se assim, despreocupados. 

Banho quente e namoro com o homem da minha vida, que daqui a meia dúzia de anos nem me vai querer que o beije em público, segundo dente que cai ao menino, caça aos ovos com meninas traquinas, cocktails elaborados com bolas de sabão cheias de aromas frutados, companhias antigas, mimos de avós e amigas que nos levam os filhos para nos darem a oportunidade de desenhar em silêncio. 

Adoro este parque, este hotel. Lembro-me do "shinning" sem a parte do terror e, pelo contrário, imagino o Jack Nicholson a chegar ao pé da minha mesa e perguntar se me pode fazer companhia e eu a responder-lhe que sim mas: "em silêncio, por favor. Estou concentrada." 

A água da piscina serviu para tingir de ferro a folha do caderno, que viu uma das suas folhas arrancada delicadamente mas que já está novamente no seu lugar. 

E é nestes momentos que fico mt feliz por uma das minhas canetas ter a tinta a acabar e me permitir dar textura aos meus traços. 

Vanessa

Apreciem sem moderação (Eleonora Marinho)






Ilha de São Miguel

Encosta -Santana

 Ruína - Miradouro da Achadinha

Ilha de São Miguel

 

Capela de Nossa Senhora das Vitórias- Furnas

Povoação

Ilha de São Miguel

Ponte - Achada

Moínho- Ribeira Funda

 Aqueduto- Sete Cidades

sábado, 27 de março de 2021

Cláudia Varejão


 Foi um prazer estar presente na sessão com a Cláudia que estabeleceu, a partir do seu ponto de vista, uma narrativa de ligação entre Domingos Rebelo e Maria José Cavaco. 

sexta-feira, 26 de março de 2021

Visita Guiada com Cláudia Varejão

 

Amanhã às 11h30 o Museu Carlos Machado em conjunto com a cineasta e fotógrafa Cláudia Varejão vão promover uma visita-guiada ONLINE via Zoom às 11h30 no âmbito da Semana Temática do Museu Carlos Machado.

Seguindo o tema "Intimidade vs Proximidade", a Cláudia Varejão percorrerá vários esboços, fotografias e pinturas de Domingos Rebelo, Laudalino Pacheco, Maria José Cavaco e outros, representativos da etnografia nas casas açorianas.

No Escuro do Cinema Descalço os SapatosAma-San e Amor Fati são alguns dos filmes da cineasta que celebram a intimidade e proximidade que a Cláudia explorará amanhã. 

O Museu gostaria muito de ter a presença dos Urban Sketchers na visita. Considera que a visita da Cláudia tem muito potencial para os Urban que poderem participar, registando o que lhes suscitar interesse. 

Os desenhos depois serão publicados nas redes sociais do Museu!  

Apareçam!! Não ocupará muito do vosso sábado e valerá a pena :) 


Segue também um pequeno vídeo que a Cláudia fez para promover a visita de amanhã.

quinta-feira, 25 de março de 2021

Miradouro do Lombo dos Milhos

Ao Miradouro do Lombo dos Milhos falta a popularidade dos outros miradouros da Freguesia de Furnas, mas é um recanto sereno e muito agradável. Deixei o casario para trás das costas e aproveitei o que restava da tarde - primaveril - para fazer o registo.
 

terça-feira, 23 de março de 2021

Fazemos anos


Hoje fazemos sete anos de existência e estamos de parabéns pela resiliência que nos carateriza. Esperemos que em breve possamos retomar a nossa atividade.

segunda-feira, 22 de março de 2021

AMAROMAR

Dos momentos de passeio pela ilha.

Há dias mais inspirados que outros mas isso não é problema. Nem sempre gostamos do que fazemos mas devemos sempre procurar não deixar o lápis, a caneta, o caderno em casa, nunca se sabe quando pode surgir a oportunidade e principalmente a vontade.

O caso deste domingo foi um desses inspiradores, desenhei o Longe, quando normalmente me agarro ao Perto. O melhor destes desenhos foi o inesperado do local e a finalização deste, já em casa e algumas horas depois mas, as palavras estavam lá, gravadas na minha memória e por isso, gravei-as no papel como se fossem a paisagem, os blocos de rocha, a neblina do horizonte e a marca da minha vivência.

Boa semana e bons recomeços!





domingo, 21 de março de 2021

Tempos incertos

Cá estamos nós novamente em ensino à distância. Tinha criado uma - intima - expetativa de que a chegada da primavera nos traria maior liberdade...

quinta-feira, 18 de março de 2021

Ensaio geral às escuras, Estúdio13,

Ensaio geral às escuras, Estúdio13, belo desafio...

Não tinha nenhuma luz comigo, só luz dos vizinhos
Alexandra Baptista
e
Ivan Ferreira
.
Schetchbook ivobaptistaka47.


65º Encontro USK Açores | BPARPD

 





Já sentia falta destes encontros. Depois de tanto tempo fora, voltei à ilha e fui capaz de ir até à biblioteca pública. Tivemos acesso a cartas antigas, documentos e livros com registos que datavam séc XV... eram enormes e tinham registos até 100 anos! Havia um documento com umas pinturas muito pormenorizadas e com umas cores incrivelmente apelativas... e ao lado uma carta escrita pela Dª Amélia com um selo praticamente intacto.