sexta-feira, 10 de junho de 2016

Nordeste | Miradouro da Vista dos Barcos

_Ahhh... a «ditadura» da aguarela leva-me a tentar experimentar outras coisas, mas de vez em quando lá me deixo levar pela sua portabilidade. Há tempos fui ao Nordeste onde as falésias são altas e as vistas largas... de encher a alma.
A viagem ao Nordeste - com a SCUT - faz-se muito rapidamente, isso não me dá o mesmo prazer que antigamente e penso que não trouxe muitas vantagens para as freguesias a caminho da Vila. Pode ser que quem faz a viagem, diariamente, em trabalho não se sinta em desvantagem. Na verdade deixámos de lá ir com a mesma frequência e deixámos, também, de parar noutras localidades. Dá-me sempre a sensação de haver um maior isolamento de todos os lugares. Será que valeu a pena o investimento??? Quando chegamos ao destino o tempo -ainda- ocorre noutro ritmo, o que é muito bom!

(Grafite e aguarela)                                                                                                                                                     | mais aqui:«in situ» |

1 comentário:

hfm disse...

De cortar a respiração em todos os sentidos.