terça-feira, 30 de outubro de 2018

Espírito Santo

Espírito Santo, Ponta Delgada

Dia Internacional dos Museus e Centros de Ciência

41º Encontro USkP Açores
sábado, 10 de novembro de 2018
14:30 às 17:00
Expolab, Lagoa, São Miguel
Os USk em parceria com o Expolab assinalam o Dia Internacional Museus e Centros de Ciência com atividades associadas aos poemas de António Gedeão e às experiências de Rómulo de Carvalho.


Contacto para inscrições : urbansketchersazores@gmail.com 

                                           geral@expolab.pt
Etiquetas:
Encontro 41 USkP Açores
São Miguel
Açores
2018

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Desenhar com (XII) Vanessa Branco

Os primeiros desenhos foram aqueles que eu (Vanessa Branco) fiz. Os últimos dois foram os desenhos que recebi da PARTILHA que propus neste encontro no nosso (meu e do Stéphane Bourbeau) atelier Patati Patata. Partilhar desenhos uns com os outros é, também, deixá-los sairem dos nossos cadernos para o caderno de outra pessoa. a separação nem sempre é fácil mas enche o coração de qualquer um.
Eu partilhei o meu, que ficou com a Alexandra Batista e eu, fiquei com o dela (tal qual uma troca de cromos) e com um de uma menina muito doce chamada Benita e que veio participar com o irmão neste sábado. Disfrutem.
 





domingo, 28 de outubro de 2018

Desenhar com (XII) Vanessa Branco


Ontem, aqui em Ponta Delgada, desenhámos com a Vanessa Branco, no atelier Patati Patata. A Vanessa Propôs que fizéssemos - pelo menos - um desenho para partilha real e disponibilizou -algumas folhas soltas para, que no final, pudéssemos trazer um desenho de outra pessoa. Assim foi, comecei por desenhar no papel Craft, fornecido pela anfitriã. O desenho da direita deixei-o com a Vanessa e trouxe comigo o da esquerda onde a Vanessa introduziu colagem. 
O estúdio integra-se no «Quarteirão», com uma das frentes a dar para a praça comunitária, como alguns passaram a identificar a travessa logo após a intervenção do festival Walk&Talk há uns anos atrás. A outra frente é no n.33 da Rua d'Água e é lá que a Vanessa partilha o espaço com o Stéphane Bourbeau, outro artista. Em parceria produzem objetos de arte, design e também dão aulas de desenho.
O nosso 40º encontro foi muito bem passado, obrigada Vanessa, pela partilha, pela disponibilidade e pelo acolhimento!
 (Aguarela, marcador, grafite e lápis de cor)                                                                    «in situ»

Desenhar com (XII) Vanessa Branco

Fiz dois desenhos que ofereci e escolhi este que gostei muito, é do Stéphane Bourbeau.
O outro desenho que escolhi foi feito pela Francisca Santos, espero que quem ficou com os meus, os mostre aqui.

Desenhar com (XII) Vanessa Branco


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Desenhar com (XII) Vanessa Branco

“Desenhar com...” são sessões informais de conversa e prática em torno do desenho.
O ato de desenhar é algo muito pessoal. Nele, cada um encontra uma vertente diferente, depende daquilo que procura. E consequentemente, novas abordagens e formas de o explorar. Nestas sessões, convidamos um desenhador (entenda-se, praticante de Desenho) para nos falar da sua abordagem e para nos desafiar através do desenho e de acordo com o seu olhar.

Nasci para criar, desde cedo que o soube.
Faço design para comer e desenho e pinto para viver e procuro na vida as histórias que me deixarem contar."

Vanessa Branco

Etiquetas:
Desenhar com
Encontro 40 USkP Açores
São Miguel
Açores
2018

(a) Riscar o Património_02




(a) Riscar o Património_01


sexta-feira, 12 de outubro de 2018

(a)Riscar o Património- Partilhar memórias #4



O Encontro terminou com a fotografia de grupo após descida ao calhau. Este (a)Riscar foi muito simpático, interessante e recheado de pequenas surpresas. Agradecemos ao Rodrigo a paciência e a disponibilidade.
(Aguarela, marcador, grafite, carimbo e lápis de cor)                                                                   «in situ»

(a)Riscar o Património


(a)Riscar o Património- Partilhar memórias #3

Depois do almoço «volante» regado com um tinto proporcionado pela família Sá e ao gosto do escritor. Sentámo-nos na escadaria da igreja (em frente à escola onde Daniel, também, foi Professor) a ouvir algumas peripécias que bem catacterizam a personalidade do seu pai. Ali, Daniel de Sá, naquele mesmo local em 1973 fez um discurso empolgado e critico marcando a chegada - tardia - da eletricidade.

Depois, fomos levados pela rua abaixo até que o Rodrigo junto à casa, que foi de seus avós, ofereceu-nos -pela sua voz- A vida do escritor açoriano segundo o próprio Daniel de Sá:
"Dois de Março de 1944. Três horas da manhã, hora da guerra, que pela do povo seriam duas ainda. Uma casinha ao lado de baixo da do meu avô materno. Nasci. Depois fui quase nómada até aos trinta anos. Uma vintena de mudanças de residência, com dois quartéis em Portugal continental e dois seminários em Espanha pelo meio. Estudos divididos por Santa Maria (4ª classe e 4º ano dos Liceus), Ribeira Grande (5º ano), Ponta Delgada (Magistério Primário), Valência (Filosofia e Teologia) e Granada (Teologia). Casamento em 31 de Março de 1974, com a rapariga mais bonita da Maia. Temos duas filhas e um filho. E duas netas e um neto.
Crónicas e artigos de jornal são muito mais que um milhar. Livros, bem contados, dezanove. O que tem feito mais sucesso: Ilha Grande Fechada. Aquele que vários leitores consideram literariamente mais bem conseguido: O Pastor das Casas Mortas. O que talvez fosse o primeiro que eu salvaria de um naufrágio: E Deus Teve Medo de Ser Homem. O que foi escrito com maior sentimento: Santa Maria, a Ilha-Mãe. Aquele que mais agrada ao povo da minha terra: Sobre a Verdade das Coisas. Um capítulo perfeito, segundo as minhas ambições: o último, de Terceira, Terra de Bravos."


Daniel de Sá
(Publicado no Açoriano Oriental de 3 de abril de 2011)

(Aguarela, marcador, grafite e lápis de cor)                                                                      «in situ»

(A)Riscar o Património

Interior da casa do escritor Daniel de Sá 

(A)Riscar o Património


Casa do escritor Daniel de Sá 

(A)Riscar o Património