quinta-feira, 28 de setembro de 2017

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching #03

A Eva Lima (a nossa geóloga) e o Tiago Menezes (Biólogo) guiaram-nos e fizeram a apresentação do trilho e do vulcão fazendo referência à ultima erupção. Iniciámos a descida e foi-nos sendo apresentada a flora local. Isto de passear com gente esclarecida (e paciente) é outra coisa.

(Aguarela, grafite, carimbo, lápis de cor e caneta caligráfica)                                                       «in situ»

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching


(a)Riscar o Património/Heritage Sketching


terça-feira, 26 de setembro de 2017

(a)Riscar o Património 2017



(a)Riscar o Património/Heritage Sketching #02

Estar dentro do vulcão tendo essa consciência é uma experiência estética incrível... levei algum tempo até conseguir fazer alguma coisa.

(Aguarela, grafite, carimbo, lápis de cor e caneta caligráfica)                                                                                «in situ»

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching

26º Encontro USkP Açores
Quem diria que a Lagoa do Fogo se tornaria num lugar tão frequentado, com tanta gente a subir e a descer continuamente...

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching #01

 26º Encontro USkP Açores

Quando chegámos ao início do trilho (do Vulcão do Fogo) a lagoa mal se via e parecia fazer jus ao alerta amarelo recentemente anunciado. Pouco tempo depois o sol mostrou-se e o risco de chuva tinha desaparecido, senti-me uma anfitriã especial por ser uma grande sortuda.

A última vez que desci à lagoa do Fogo pareceu-me muito mais suave e fácil. Os degraus - atualmente - existentes têm um espelho muito alto o que obriga a um esforço razoável na descida e maior ainda na subida.

(Aguarela, grafite, carimbo, lápis de cor e caneta caligráfica)                                                         «in situ»

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching | 26º Encontro USkP Açores


Primeira experiência acompanhando aos Urban Sketchers até Fogo, com a minha esferográfica preta e as aquarelas   :)




 






(a)Riscar o Património/Heritage Sketching | 26º Encontro USkP Açores


(a)Riscar o Património 2017

Desenhar literalmente, em cima de um vulcão adormecido, não é para todos, só para quem tem a audácia de sangrar o basalto negro, quem espera pela bela aurora e quem deixa pousar seus pés, no terreiro. Assim nos fazemos Ilha! Aqui fica, os registos interpretativos de uma manhã bem passada, de exercício físico + cultura + arte+ socialização e contemplação. Não há fotografia alguma que pudesse substituir o sentir ao ver a mudança atmosférica, de minuto a minuto, como se os raios de luz e reflexos estivessem numa dança de humores diversos. Por isso ao olhá-la, desenhei ao som dessa música, que em baixo se espraia:

"Ainda sinto os pés no terreiro / Onde os meus avós bailavam o pezinho / A bela Aurora e a Sapateia /É que nas veias corre-me basalto negro / E na lembrança vulcões e terramotos / Por isso é que eu sou das ilhas de bruma / Onde as gaivotas vão beijar a terra / Se no olhar trago a dolência das ondas / O olhar é a doçura das lagoas / É que trago a ternura das hortênsias / No coração a ardência das caldeiras / É que nas veias corre-me basalto negro / No coração a ardência das caldeiras / O mar imenso me enche a alma / E tenho verde, tanto verde a indicar-me a esperança"


- Ilhas de Bruma, Manuel de Medeiros Ferreira

www.facebook.com/lidiamenesesdesigncraft/

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching | 26º Encontro USkP Açores

Distrai-me nas minhas brincadeiras, a juntar e a pintar pedrinhas e ossos. Desenhei apenas uma das minhas construções.

Lagoa do Fogo| 23 setembro.07

 O primeiro desenho na Lagoa e na companhia dos USK Açores.
 No caminho com mariolas...
A Rocha de Fibonacci.
              Descida à Lagoa do Fogo...com terracota e verdes.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching

26º Encontro USkP Açores

(a)Riscar o Património/Heritage Sketching é uma iniciativa da DGPC – Direção-Geral do Património Cultural, com apoio dos Urban Sketchers Portugal, integrada nas Jornadas Europeias do Património, que decorrem todos os anos em todo o país, durante o mês de Setembro.

Este ano, a iniciativa entra na sua 4.ª edição, tendo como tema Património e Natureza – Pessoas, Lugares, Histórias.

A actividade realizar-se-á no dia 23 de Setembro, Sábado nos seguintes locais:

Albufeira, Aveiro, Braga, Castelo Branco, Castelo de Almourol, Chaves, Coimbra, Évora, Guimarães, Lisboa, Ponte de Lima, Porto, Ribeira Grande – Açores, Santa Maria da Feira, Torres Vedras, Viana do Castelo e Vila do Conde.

Dos trabalhos que daqui resultarão, será realizada uma exposição de carácter itinerante que estará exposta em várias cidades do país.

Sendo o tema das Jornadas Europeias do Património – Património e Natureza – Pessoas, Lugares, Histórias, os Urbansketchers em São Miguel em parceria com o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, com o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha e Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO congregam o tema realizando um passeio pedestre à Lagoa do Fogo. Nesta edição do (a)Riscar o Património, o desenho desce – interpretativamente – ao Vulcão do Fogo. Espera-se que o suporte da história, geodiversidade, biodiversidade e do olhar facilitem registos, livres e espontâneos, reveladores do lugar.
.......................................................
*INSCRIÇÃO GRATUITA mas Exige CONFIRMAÇÃO DE PRESENÇA:
urbansketchersazores@gmail.com

-PONTO DE ENCONTRO: 9:00 (em frente à Câmara Municipal da Ribeira Grande)
-EQUIPAMENTO: Calçado confortável, Água, Refeição ligeira, Caderno e utensílios de registo.
..........................................................................
Beatriz Brum – Serviço Educativo do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas
Eva Lima – Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO
Tiago Menezes – Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha (Câmara Municipal da Ribeira Grande)

Alexandra Baptista – Anfitriã | USkPAçores

sábado, 9 de setembro de 2017

Desenhar com (II) BENEDETTA DOSSI



O nosso 25º Encontro ocorreu com a belíssima oportunidade de desenhar com a Benedetta que esteve em São Jorge e de passagem em São Miguel.
Esta coisa maravilhosa da partilha que os USk possibilitam é francamente enriquecedora.
O Alto da Mãe de Deus tem uma vista ampla sobre a cidade e marca bem a presença do mar, mas não anula o relevo da paisagem rural e verdejante. A Benedetta propôs-nos, alguns exercícios orientados para a organização de elementos, a organização profundidade, com enquadramentos selecionados por nós...
Foi desafiante e esclarecedor, penso que todos gostámos e ela foi incansável, obrigada.

(Aguarela, carimbo, grafite e lápis de cor )                                                                     mais aqui:«in situ