sábado, 11 de junho de 2016

USKaz #16 | desenhar com HELENA MONTEIRO

caneta 0.05, carvão, giz, tinta vermelha e sanguínea

grafite, carvão, giz, tinta vermelha e sanguínea

Desenhos que fiz no Jardim António Borges neste último encontro. No primeiro comecei com desenho de contornos (quase contínuo) mas eventualmente passei para carvão, giz e afins pois queria ver o resultado da mistura das duas técnicas. No segundo, respondendo ao desafio da Helena Monteiro, desenhei as grutas das partes mais profundas do jardim, das quais gosto particularmente. Comecei logo com a grafite e tentei destacar as diferentes camadas com recurso a materiais diferentes, mas devo dizer que ficou um pouco atribulado.

2 comentários:

Alexandra Baptista disse...

Julgo que conseguiste diferenciar as camadas, acho a experiência muito válida!!!

hfm disse...

Gosto destes desenhos. Muito.