segunda-feira, 16 de maio de 2016

Encontro 15_ USKaz SMiguel | Canto da Maya

«É de manhã que começa o dia» e o meu iniciei-o em Lisboa. À esquerda, no desenho, do interior de um café no Largo do Rato avistei (pela porta) um pouco da cidade. Ainda estava muito longe de pensar que chegaria a tempo do 15º encontro USKaz SMiguel, em Ponta Delgada. Ainda cheguei a tempo ao núcleo de Santa Bábara (Museu Carlos Machado) quando entrei estavam na exposição do Canto da Maya, acompanhados pela responsável da exposição... não cheguei a tempo de a ouvir... e já havia quem se encontrasse a desenhar. O escultor nasceu  a 15 de Maio de 1890, há precisamente 126 anos. Foi uma boa ideia, esta de comemorarmos o seu aniversário desenhando aquilo que nos deixou e que o perpétua... Eu aproveitei para concluir o meu caderno Ebru, separei, para o evento, uma página quadrupla (apenas se vê 2/4 da página), desenvolvi a minha incursão no museu numa panorâmica onde vou invertendo o sentido de leitura, normalmente usado por nós, há uma espécie de tensão criada entre os elementos e o campo visual. Os 2/4 do desenho que aqui não mostro estão «in Situ».

(uni Posca, Graph'it shake e deleter Neopiko-Line 2_ 0,03 sobre Ebru e aguarela)          

Sem comentários: