segunda-feira, 4 de abril de 2016

Desenhar com Mário Linhares, Ketta Linhares e Miguel Franco

Parece Off the Record... foi tudo combinado de véspera. Tivemos a sorte de ter por cá dois dos nossos (três) mentores: o Mário e a Ketta que se fizeram acompanhar do Miguel Franco (um sketcher Brasileiro que vive em Ankara na Turquia) e pelo pequeno e doce Matias (o mini Linhares). Encontrámo-nos na Matriz e lá ficámos à espera que chegassem. Ainda pensámos ser possível desenhar com o grupo que trouxeram -em retiro- aos Açores, mas alguns desencontros fizeram com que não nos conhecessemos pessoalmente, quase todos apanharam o avião de regresso a casa. Entretanto, os mais jovens, foram-se retirando para apanhar transporte para casa. Resistiu um pequeno grupo de entusiastas do desenho em caderno. Levei comigo um álbum de fotografias que converti em álbum de GRAFIAS e sobre um papel pouco convencional (às bolinhas) tive a intenção de registar as pessoas que por ali passavam e se iam sentando perto da igreja Matriz. 



Quando chegou e após uma partilha de desenhos  (feitos nos dias anteriores) o Mário desafiou-me a fazer um registo «para a posteridade»... ahhh, lá fiquei eu no seu magnífico caderno sob a matriz de Ponta Delgada, a página ficou linda, claro! A minha página, fi-la rápida e timidamente, com medo de fazer asneira por isso escolhi um papel liso, simplificando a minha atuação. Introduzi a cor branca posteriormente o que me permitiu destacar, por subtração, a garatuja do pequeno Matias.
Combinámos encontro para os dias seguintes o que foi,  para mim, empolgante é sempre um prazer aceitar desafios no desenho e neste caso,  aqueles que o Mário propõe. 
(Zig Millenium, 0.5, Pentel FP10, Tinta acrilica, estilete e marcador Posca)                                                                                      | «in situ» |

1 comentário:

teresa ruivo disse...

Muito giros, os desenhos nas bolinhas. Este post é uma espécie de "Se Maomé não vai à montanha... :)