quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

sem saber o que desenhar....


Adoro figos passados e nesta minha demanda de me obrigar a desenhar -rotineiramente- à vista, nem sempre ocorre o que fazer. Desenhei o que estava ali, próximo de mim...e usei um pincel de água para ir desfazendo subtilmente as linhas com a caneta Pilot. Neste caso, ainda bem que a tinta não é indelével...

(Pilot G-TEC-C4 e aguarela)                                                                                                                                             | «in situ» |

Sem comentários: