terça-feira, 30 de setembro de 2014

Tardes de verão passadas a desenhar no quintal




Passeio de carro até o Nordeste




























Desenhos que fiz na Piscina da Lagoa



3 encontro dos Urban Sketchers na Lagoa





Desenhos da minha viagem a Lisboa.































(a)riscar o Património

Brasão do Forte de São Brás, "A lealdade de ânimo e nobreza".

Museu de armas dentro do Forte, pistola walther.

Canhão na entrada para o Forte de São Brás, e assim começou o início do encontro.

(a)Riscar o Património - Convento da Esperança


tenho dado conta da ausência de cor nos meus rabiscos. dou mais conta disso quando são outros a dizê-lo. mas a verdade é essa; não estou a conseguir. ou por algum receio, ou por algum estado de espírito. por outro lado, também sinto que pouco ou nada tenho entrado em pormenores. acho que o diário gráfico em formato panorâmico está a fazer com que dê uma visão mais ampla aos espaços que rabisco. e talvez, por isso, não esteja a pormenorizar tanto quanto já fiz em outros rabiscos. 

Forte de São Brás


à procura do FORTE de São BRÁS, mais duas tentativas...para mapear o trajeto.


segunda-feira, 29 de setembro de 2014

devagarinho, lá se foi fazendo o percurso e foram ficando alguns registos... 

(a) Riscar o Património....

Encontro (a)Riscar o Património – um sucesso!


O(s) Encontro(s) organizados no âmbito da iniciativa (a)Riscar o Património, em dez cidades diferentes do país, correram muito bem, resultando num sucesso em termos de organização, convívio entre os participantes, uma elevada adesão e muitos desenhos, levando a que, todos se aproximassem do Património através desta actividade comunicacional única, que é o desenho. Tudo isto, apesar da inconstância meteorológica e das ameaças de alerta laranja em grande parte do país. Registe-se o facto de, em Évora por exemplo, terem ocorrido no início da tarde de dia 27 fortes chuvadas e queda de granizo que causaram inundações e muitos prejuízos. Premonitoriamente o encontro naquela cidade, foi marcado para as 10 horas.  Em Coimbra, durante o Encontro verificaram-se também fortes chuvadas sem que, ainda assim, os sketchers se tivessem demovido. Em Lisboa, o céu assustou antes do Encontro, mas só voltou a fazer-se ouvir depois da reunião final, já na Praça dos Restauradores junto ao Elevador da Glória. As chuvadas menos fortes que terão ocorrido noutras cidades, como em Torres Vedras, Tomar, Castelo Branco, não chegaram para estragar a Iniciativa. Em Ponta Delgada foi um sucesso, com uma elevada e empenhada participação. Foi igualmente um êxito na Madeira e em Viana do Castelo. No Porto, curiosamente e comprovando a inconstância do tempo naquele dia, esteve um calor abrasador obrigando os participantes a encontrar refúgio nas sombras possíveis.
Os desenhos e fotografias dos respectivos encontros serão publicados nas abas correspondentes às diversas cidades até ao próximo passo deste evento: a montagem de uma exposição com os desenhos dos intervenientes, e posteriormente, uma eventual edição que servirá de registo e base para futuras iniciativas semelhantes.
Lembramos ainda que esta exposição será itinerante percorrendo depois, vários pontos do país.
Um grande obrigado a todos que tornaram possível e um caso de sucesso, o Encontro (a)Riscar o Património.
_______________________________________________________________
. O prazo de entrega dos desenhos é até ao dia 11 de outubro;

. As imagens devem ter 300 dpi de resolução e em formato jpeg;

. Os desenhos podem ter sido já publicados num blogue ou noutra plataforma digital.


 emails para envio:

                   mbotto@dgpc.pt
                  
                  jalves@dgpc.pt 

Forte de São Brás

O Forte de são Brás numa das minhas primeiras tentativas enquanto se preparava o evento.

Férias


A sombra é tão fresca e amigável, porque será que - por norma- é rejeitada?

Férias

De regresso a casa.... gosto de andar de comboio e o intercidades é rápido e pontual...mas, é dificil desenhar em andamento com a trepidação que se sente.

domingo, 28 de setembro de 2014

Férias

Um momento de partilha dos pequenos vicios que as férias permitem...

sábado, 27 de setembro de 2014

(A)riscar o património | PDL


Gostava que todos os que estiveram, hoje, no forte de São Brás deixassem,de alguma forma, o nome num comentário ou na página no facebook para que possamos identificar todas as pessoas.
É pena que alguns não tivessem tirado a fotografia de grupo e partilhado o trabalho com o grupo. De qualquer modo, apareçam -sempre- e... OBRIGADA!!!

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

(A)RISCAR O PATRIMÓNIO - PINS

Caros Urban Sketchers,

Informamos que no próximo dia 27 de Setembro, no decorrer do encontro/evento, iremos colocar à venda os pins indicados abaixo:

Pin alusivo ao evento (A)RISCAR O PATRIMÓNIO - 1.50 euros (50 unidades disponíveis);
Pin USK AÇORES - 1,50 euros (50 unidades disponíveis).


Reserva já o teu!
urbansketchersazores@gmail.com

Férias

à hora de maior intensidade do sol arranjam-se sempre novas atividades.. Hoje fizeram-se postais para enviar pelo correio à familia... foi uma festa....desde o desenho à colocação nos CTT. (desenho de baixo é do mini sketcher: António)

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

deixar a aguada cair...


sexta-feira passada durante a minha hora de almoço. já em casa deixei cair a aguada... umas vezes deixava a aguada secar, outras nem por isso. 


molhe da doca de ponta delgada


molhe de ponta delgada, a ponta do pesqueiro (junto à estação de tratamento de águas residuais) e o anfiteatro das portas do mar.

vazios, linhas, manchas... 

portas da cidade - ponta delgada



a minha mãe, que já se foi, apesar de não ver, dedicava-lhe todos os meus rabiscos. tantas vezes saía de casa dizendo:
- mãe, vou rabiscar! 
- vai, meu filho. logo quero vê-los!

ontem, saí de casa pelas 15 horas. não disse a ninguém para onde ia e ao que ia. mas na minha memória ecoava "...vai, meu filho. logo quero vê-los..."

pois é, eu, hoje, não tenho mãe viva. mas tenho-a sempre comigo. e será sempre para ela que desenho. 

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Forte de São Brás | Ponta Delgada

Lembro-me de desenhar, desde sempre, em caderninhos. Doodleava, projetava e brincava abrindo e fechando janelas com desenhos recortados ou inacabados que despretenciosamente me acompanhavam... mas, não tinha por hábito o registo do quotidiano, do espaço ou de equipamentos urbanos. É curioso que desde que me envolvi nisto dos USK passei a olhar o meu contexto de outro modo. Sinto-me «coagida» pelo desenho que sacia aumentando a curiosidade! (A)riscar o Património/ Heritage Sketching é uma iniciativa da DGPC - com o apoio dos Urban Sketchers Portugal, integrada nas Jornadas Europeias do Património, que decorrerão em todo o país. Em Ponta Delgada o encontro está marcado para dia 27 de setembro pelas 14:00h. Com a Ana Cristina Moscatel e a Sofia Botelho definiu-se que o (A)riscar o Património se desenvolveria a partir do Forte de São Brás e assim será!!!
«O Forte de São Brás, oficialmente Prédio Militar nº 001/Ponta Delgada, também referido como Castelo de São Brás, localiza-se na freguesia de São José, na cidade e concelho de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos AçoresConsiderado o mais importante exemplar de arquitectura militar do século XVI e a mais poderosa fortificação da ilha, foi erguido sobre uma ponta no primitivo ancoradouro de ponta Delgada, com a função de sua defesa contra os ataques depiratas e corsários, outrora frequentes nesta região do Oceano Atlântico wikipedia